Cientistas provam que eles mesmos são pouco evoluídos. Mente Neutra serve para melhorar a memória.

 

Mente Neutra é a mente superior. Se prepare para expandir sua consciência.

 

 

Por Regis Mesquita

 

ATENÇÃO: use este texto para aprofundar seu conhecimento sobre a Mente Neutra.

 

Por necessidade profissional leio dezenas de pesquisas científicas.

É muito comum cientistas chegarem a conclusões baseadas em suas mentes reativas e pouco evoluídas.

Este texto mostra uma destas conclusões e explica porque ela é completamente falha.

 

A pesquisa em questão serviu de exemplo para a revista Superinteressante (300) explicar a memória do ser humano.

Muita gente leu e acreditou, infelizmente.

 

A pesquisa está descrita na figura abaixo.

Na segunda figura está a conclusão prática a que eles chegaram (leia as imagens, clique sobre elas).

 

 

 

 

Cientistas propõem a fórmula do stress e da pouca satisfação

 

Persiga o diferente, dizem eles.

Eles deveriam dizer: criem CONTRASTE em suas vidas.

Comam o que é ruim para valorizar o que vocês gostam.

Percam, para valorizar o que vocês têm.

Deem burradas e destruam suas vidas, assim perceberão o quão boa era a vida de vocês.

 

Para saber mais sobre o CONTRASTE, leia o texto:

O paradigma da montanha russa explica o porquê da sua pouca satisfação com a vida

 

Você sabe qual é o PREÇO de se perseguir o diferente?

O preço é desprezar o que possui e o que existe.

É a lógica do consumismo: fique insatisfeito com o que é e com o que tem, esteja sempre mudando.

Mude seu cabelo, seu emprego, sua camisa, etc.

 

O resultado desta postura é o CANSAÇO, o DESPERDÍCIO, a ALIENAÇÃO e a NEGAÇÃO.

Como é que alguém alienado vai aumentar suas boas memórias?

Como alguém desvitalizado e cansado vai melhorar a qualidade da memória?

Ou seja, o que eles propõem é ótimo para diminuir a memória, criar stress, depressão, insônia, etc.

(observe bem: não estou aqui defendendo a mesmice, estou defendendo o fluir).

 

Mesmo com o resultado sendo tão negativo, os cientistas sugerem a busca compulsiva das novidades/diferenças.

Algo assim:

“se você tem um ótimo amigo, tome cuidado.

Não se acomode, procure novas amizades.

Ao invés de encontrar com seu amigão, procure novas pessoas para ter novas experiências …”

 

Segundo os cientistas, o estímulo do novo é que melhora a qualidade da memória. Estão errados!

Está errada esta avaliação dos resultados.

Encontrar uma moeda é um ganho e pode elevar o ânimo. É uma novidade simples e eventual.

Mas, se a busca da novidade virar rotina, HAVERÁ MAIS PERDA DO QUE GANHO.

Observe este exemplo:

para deixar de lado seu amigo você tem que matar uma parte de você (a amizade) e investir em algo novo que não existe (outra amizade).

Uma solução cansativa e pouco prática.

Perde-se os vínculos, o que só aumenta a alienação, diminuindo as boas memórias.

  • Ou seja, a perda é certa. Mas, o ganho talvez nem venha a existir.

 

Leia também: Focar o presente e a simplicidade para ampliar a satisfação

 

 

Busque a Mente Neutra para ampliar suas boas memórias

 

Uma estratégia melhor vem da prática da Mente Neutra: o positivo tem que gerar outro o positivo.

  • Isto é o FLUIR.

 

Explico:

se tenho um amigo devo intensificar a amizade; por exemplo, realizando atividades juntos.

Através destas atividades conjuntas o processo de mudança acontece (e o novo aparece).

 

Por exemplo:

vou ao cinema com meu amigo.

Ele encontra um amigo da faculdade que se junta a nós.

Desta forma conheço uma nova pessoa.

Este é um exemplo do FLUIR:

intensifico e valorizo o que já existe – usufruo o que é real – desta forma a transformação acontece naturalmente e recheada de positividades.

 

Observe: não busco a novidade, nem o diferente, busco usufruir o que já existe.

  • Busco dar intensidade ao que é nobre e saudável.

 

Muito importante:

Quer mudar sua vida?

Use esta regra: intensificar e valorizar o que já existe, e usufruir o que é real e nobre.

 

Leia também: vários textos sobre INTENSIFICAÇÃO DA VIDA

 

 

Simplicidade e bom senso

 

O segredo está em focar o que existe, valorizar o que existe, aceitar e intensificar o que existe.

Não focar na mudança e sim na coerência.

Coerência: tenho um amigo, escolho ele.

Coerência: não gosto de jiló, não como jiló.

 

É simples: tenho um amigo, valorizo ele, curto a vida junto dele.

Esta energia nobre tira a pessoa da alienação.

Valorizar o outro (coisa, pessoa ou situação) te tira da alienação e te “desperta” para a realidade.

 

 

A maior força transformadora da vida: aproveitar e valorizar tudo de bom que existe dentro de você. Livro A Espiritualidade no dia a dia

 

 

Vida problemática e complicada

 

Observe este texto recebido por email (sem a identificação do autor):

“ …, podem até pensar que sou estranha, mas adoro brigar com meu namorado, pois quando estou brigando já imagino o quanto prazerosa (me entendem?) será a nossa reconciliação…

O sexo com meu namorado é sempre bom mas fica sensacional após uma briga.

Mas estou ficando com medo desse sentimento, pois quando estamos de boa e não rola briga eu sinto falta.”

 

O texto descreve uma pessoa presa na mente reativa.

Ela perdeu o bom senso, perdeu a simplicidade e está buscando o CONTRASTE para ter prazer.

 

Parece até que a autora do texto “leu a mente” dos cientistas.

A briga “gera adrenalina”, ou seja, ela tem uma dose de stress que a tira da alienação e a faz focar no que é real.

A briga é a novidade que a desperta (igual à pessoa que acha a moeda na rua).

Ela tem uma recompensa para brigar: sexo ótimo.

 

O perigo:

sem a briga (negativo) ela volta para a alienação/desvitalização e tudo fica mais ou menos.

Não é atoa que ela está ficando “viciada” em brigar.

Ou seja, sem o negativo (a briga) a ação (o sexo) fica pior.

Logo ela precisará de outras novidades, depois outras, mais outras.

Até que virá o cansaço e a sexualidade perderá de vez a força.

Ou eles precisarão de estímulos cada vez mais pesados ou radicais.

 

Preste atenção:

buscar constantemente o diferente significa NECESSARIAMENTE escolher e fortalecer padrões negativos.

É por isto que o consumismo é sempre negativo.

 

Leia também: Pablo Neruda, o poeta, explica os dois caminhos da vida e do amor

 

 

Mente Reativa: o negativo substitui o positivo e o neutro como fonte de satisfação

 

A mulher descobriu uma forma de “sair da rotina”: brigando com seu namorado.

Criou um relacionamento neurótico.

 

O perfil:

mente reativa gera pessoas alienadas e desvitalizadas que precisam de um “chacoalhão” para cair “na real”.

 

Tem gente que precisa perder para aprender a valorizar, não é mesmo?

São pessoas ALIENADAS que têm o bom, mas não prestam atenção, não usufruem.

São perdedores e desperdiçadores da vida.

São pessoas que possuem a mente funcionando da mesma forma que estes cientistas (mente reativa).

 

Quando a pessoa perde, sente falta.

Ou seja, a mente reativa PERCEBE O NEGATIVO – a perda.

Mas, não está preparada para lidar com o positivo/neutro, principalmente com o que é nobre – por isto NÃO VALORIZA.

 

Estas pessoas treinaram a mente para lidar com o negativo.

Não treinaram para permitir o FLUIR do que é nobre – amor gerando satisfação, tesão, alegria.

 

A namorada poderia ter seu tesão pelo namorado INTENSIFICADO através do servir, da dedicação ao sexo (sexualidade), através do amar, da atenção focada no corpo, na entrega ao Vazio que amplifica o orgasmo, etc.

Ela NÃO TEM DIFICULDADE DE USAR O POSITIVO PARA AMPLIAR O TESÃO; por isto, ela usa o negativo (a briga).

 

A pessoa que precisa perder para dar valor está alienada.

  • Ela está desconectada do seu lado mais nobre.

Para sair da alienação ela precisa do negativo, da novidade ou do diferente.

De negativo em negativo, a pessoa constrói uma vida complicada e confusa.

Como ter uma vida boa quando o positivo e o nobre são desvalorizados?

 

Reforçando:

como ter uma vida boa quando o positivo e o nobre são desvalorizados?

 

Uma dica para a mulher briguenta:

ela deve se TREINAR para usar a Mente Neutra durante todo o seu dia.

Ao chegar o momento do sexo, o corpo estará vitalizado, com a mente presente e a consciência treinada para intensificar – é muito mais fácil e saudável ter sexo gostoso assim.

 

 

Com a Mente Neutra, cada momento da vida é único

 

Quer novidade? Foque o presente.

 

O que é o presente?

“A vida não para. O presente é o passado que mudou.

Você vê o passado igual ao presente porque sua mente ainda está presa lá atrás.

O presente é diferente, mas você ainda está lá: enxergando o passado.

A vida se abre na sua frente, mas você não se abre para ela.”

 

Os cientistas orientam a pessoa a SEMPRE buscar o diferente.

Tarefa difícil, péssima e autodestrutiva.

Não tem problemas EVENTUALMENTE buscar o diferente.

 

O melhor é manter a mente focada no presente, porque é nele que estão as oportunidades, as novidades.

NÃO É BUSCAR.

É ENXERGAR, PERCEBER, VALORIZAR.

 

Quando você valoriza e APROVEITA o que existe, você está FLUINDO junto com a realidade.

Ou seja, no exemplo anterior deste texto os amigos foram no cinema e algo novo aconteceu: encontraram uma pessoa que se tornou amiga.

A novidade surgiu sem esforço, sem destruição, sem desperdício.

 

A mente que está preparada para SE MANTER no presente é a Mente Neutra.

A Mente Neutra (focada no presente, intensificando as vivências e treinada para lidar com o que é nobre) permite com que cada momento da vida seja especial e repleto de satisfação.

É uma vida diferente!

  • É o fluir da vida que acontece através do uso do melhor que existe dentro de cada um.

 

Jamais tenha como prioridade procurar o diferente.

Sua prioridade deve ser intensificar e focar no que já existe.

Sua prioridade deve ser valorizar e aproveitar o que você já conquistou.

Sua prioridade deve ser se sintonizar com sentimentos e pensamentos nobres.

 

Tenha metas e planeje o futuro. Porém, viva o presente.

Foque o presente, para ter energia, disciplina e boa vontade para construir HOJE um bom futuro.

 

O que a pesquisa mostra é a importância de sair da alienação.

Buscar compulsivamente o diferente é reforçar a alienação.

 

A Mente Neutra permite o fluir, que é muito melhor e muito mais saudável.

 

Mente presente, atenta e saudável funciona melhor, por isto é muito mais capaz de memorizar as boas lembranças.

 

Atenção: leia novamente este texto. Preste muita atenção no termo FLUIR.

Ele é de extrema importância em sua vida e, principalmente, para atingir grandes objetivos através dos pequenos passos.

 

PS: no final desta página você encontra um vídeo bônus explicativo da Mente Neutra (do Canal Caminho Nobre do Youtube)

 

PS2: leia mais abaixo nesta página: Reflexão sobre a Alienação

 

Autor: Regis Mesquita

Contato, orientações, terapia: regismesquita@hotmail.com

 

Redes Sociais

Twitter, Instagram, Facebook, Youtube, Pinterest

 

 

Leia livro espiritualista A Espiritualidade no Dia a Dia

 

Apresentação do livro “A Espiritualidade no Dia a Dia”

 

 

Leia também:

 

A importância de se arrepender da agressividade nos pensamentos

 

Consequências e vantagens da Mente Neutra

 

Entenda como o Blog Caminho Nobre pode te ajudar a desenvolver qualidades e habilidades

 

Eu estava no paraíso e não sabia

 

Livros do Autor Regis Mesquita

 

Aplicativo Dia a Dia Espiritual – Baixe agora

 

 

Aprender é o que sempre torna sua vida melhor. Cada dia melhor.

 

 

Reflexão sobre a Alienação

 

Vamos analisar como a mente reativa funciona:

um sujeito caminha. Ele está preso em seus pensamentos.

Ele caminha alienado, distante, quase como um robô, até que encontra uma moeda.

A moeda é um estímulo que o “desperta” para a realidade.

A mente reativa precisa de estímulos para sair da alienação e prestar atenção na realidade.

 

O que aconteceu?

Ao ter o estímulo (achar a moeda), o homem presta atenção na realidade.

Ao prestar atenção, sua memória e motivação melhoram.

 

O padrão é este:

mente alienada do aqui-agora, quando encontra algo que a estimule acorda para a realidade.

Ela volta a focar o real e, é lógico, aumenta a atenção e a memorização.

Esta é a “descoberta” dos cientistas.

 

Qual a solução?

Buscar compulsivamente o diferente OU ensinar as pessoas a migrarem da mente reativa para a Mente Neutra?

Buscar o diferente OU desestimular o uso da mente alienada e desvitalizada?

Buscar sempre o diferente OU estimular o uso da mente focada no agora e recheada de nobreza?

 

Os pesquisadores sequer entendem o que é uma mente reativa, por isto sugerem uma solução que serve para aumentar a alienação.

 

A alienação é uma “prisão”.

A pessoa presta pouca atenção no exterior porque tem sua atenção presa aos seus pensamentos.

Você já teve a experiência de sair de casa e “acordar” ao chegar em um lugar.

No trajeto entre a casa e o lugar você ficou perdido nos seus pensamentos.

Certamente não se lembrará nada do trajeto.

 

A alienação desgasta as pessoas, deixa-as cansadas, estressadas e mais ansiosas.

Na realidade, a alienação é uma característica da mente reativa que está sendo muito estimulada pelo atual estilo de vida das pessoas.

 

Muitas pessoas consideram natural ter a mente reativa.

Ela é a mente mais comum.

Mas, na realidade, ela é apenas uma mente imatura e despreparada.

 

É muito importante você se preparar para MIGRAR para a Mente Neutra.

 

Autor: Regis Mesquita

Reflexão baseada nos ensinamentos do livro A Espiritualidade no Dia a Dia

 

 

VÍDEO: Mente Neutra, a mente superior

 

 

 

DIREITOS AUTORAIS

 

Os textos do Blog Caminho Nobre, escritos pelo seu autor Regis Mesquita, estão REGISTRADOS junto ao Escritório de Direitos Autorais da Fundação Biblioteca Nacional.

 

Proibida a reprodução! Este artigo não pode ser reproduzido por meio impresso, eletrônico ou qualquer outra forma sem a autorização escrita do seu autor (SAIBA MAIS).

 

 

 

5 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Patrícia Melo
    fev 02, 2012 @ 14:10:49

    Concordo com seu pensamento regis e, coincidentemente, era isso que eu estava pensando um dia antes de vc publicar isso! adoro ler suas publicações. paz e amor.

    Responder

  2. regismesquita
    fev 02, 2012 @ 17:39:56

    Patrícia,

    obrigado pelo elogio.

    Venha sempre nos visitar.

    Regis

    Responder

  3. Marcelo
    abr 05, 2012 @ 00:27:35

    Regis, não conheço a pesquisa, mas o fato é que niguém despresa as coisas do passado, elas fazem parte do nosso ego, mas é importante saber que pesar em algo direferente é buscar o novo, de fazer um mundo melhor, quem sabe.
    Existem os saldosista e os que sabem que a vida é de agora para diante, o passado é alicerce para o futuro, penas isso. Nossa passagem por aqui é breve e o novo significa viver…
    “…no presente a mente, o corpo é diferente e o passado é uma velha roupa que não se veste mais…” Belchio

    Valeu Regis. Obrigado pela oportunidade do debate.

    Responder

  4. Souraya
    abr 22, 2012 @ 10:28:10

    Olá Régis,
    Estou conhecendo seu blog e esse espaço Caminho Nobre, e estou gostando muito dessa sua energia que é muito clara , leve e positiva.
    Quero agradecer por sua generosidade em compartilhar o seu conhecimento com todos nós que buscamos aprender, crescer e melhorar!
    Muita paz e prosperidade sempre!

    Abraços,
    Souraya

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: