Pablo Neruda, o poeta, explica os dois caminhos da vida e do amor

 

Mesmo nos momentos de grandes sofrimentos cuide-se com carinho e preserve as boas lembranças.

 

 
Por Regis Mesquita

 

Pablo Neruda, poeta chileno, prêmio Nobel de Literatura, usou sua escrita como arma para a conscientização das pessoas.

 

Entre seus milhares de versos está este:

 

“É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar, esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se desencontraram”.

Mais

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: