Obrigado por me dar desafios que não quero

 

obrigado desafio1

 

 

Obrigado, Obrigado Deus.
Obrigado por me dar desafios que não quero.
Obrigado por me fazer olhar para situações que gostaria de esquecer.
Obrigado por me lembrar que tenho forças para melhorar a mim mesmo e superar estes desafios.
Obrigado por não me esquecer.
Obrigado por me querer forte e capaz. E me lembrar que posso ser assim.
Me ajude, Senhor, a não esquecer de ti quando for minha vez de retribuir e amparar outra pessoa.
Obrigado!

 

Regis Mesquita
[Mentalização 30, do blog Caminho Nobre]
https://twitter.com/tvidaspassadas
 

Mais

Quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?

 

 

Por Regis Mesquita

 

Suponhamos que você esteja em um “beco sem saída”. Pensa, pensa e não encontra solução. Está na hora de inovar, fazer algo que você nunca fez. Está na hora de arriscar.

 

Observe: quando existe uma grande insatisfação é comum buscar o diferente, buscar a primeira vez. A vida está tão ruim que é necessário focar em algo novo para manter a esperança de que algo possa melhorar.

 

E quando a pessoa está plenamente satisfeita? Ela larga o que é bom e lhe satisfaz? Ela busca o novo e abandona o que é bom?

 

Mais

O cego que enxergava

 

gratidão: um coração grato tem mais alegria e força para viver bem a vida.

 

 

João tinha 19 anos e uma ótima família que lhe proporcionava amor, estudos, alimentação adequada, orientação, boa moradia. Enfim, João tinha tudo para ter uma vida feliz e alegre. Todavia, era insatisfeito e considerava a vida sem sentido e sem justiça.

 

Antônio tinha 32 anos e uma ótima família. A vida de Antônio era muito parecida com a vida do João, à exceção da cegueira e da felicidade.
 

Mais

O diálogo com a criança tem que se dirigir ao seu espírito

 

aprendendo a conversar com o espírito das crianças

 

 
Por Regis Mesquita

 

Uma mãe procurou um psicólogo preocupadíssima com a filha de um ano e meio que estava com febre há uma semana. Foi o médico quem a encaminhou para ser orientada.

 

A mãe e o pai estão na iminência de uma separação. O pai decidiu ficar alguns dias na casa dos avós para refletir sobre sua vida. A menina não parou de ter febre e de chorar desde que ele foi embora de casa.

 

A criança está percebendo a tensão emocional em sua residência, e não sabe como lidar com a situação. Ela percebe que algo importante está acontecendo, mas não sabe o que é.

 

As crianças são muito sensíveis. Captam com muita facilidade o que acontece à sua volta. Mas, não possuem a consciência preparada para compreender.

 

O que acontece nestas situações?
 
Mais

Viva simples, mas viva Intensamente

 

O que te leva à grandeza é começar de onde você está e usar o que você tem.

 

A tarefa do ser humano é viver intensamente. Esta intensidade é importante para o espírito conseguir se expressar mais facilmente.

 

É muito mais fácil viver intensamente quando se tem uma vida simples. Por isto, jamais confunda uma vida simples com uma vida simplória e superficial.
 
Mais

%d blogueiros gostam disto: