Mente Neutra, a mente que abraça o amor

 

 Você só sentiu minha falta quando me perdeu. Você desperdiçou o amor e abraçou a dor.

 

 

Os perigos da mente alienada

 

A parte mais nobre da mente humana são os pensamentos.

Através deles conseguimos refletir, planejar e organizar nossas ações.

 

A parte mais fantástica do pensamento é a capacidade de SIMULAR dentro da nossa mente ANTES de colocar algo em prática.

 

Explico:

você é convidado para um casamento que será durante o dia em uma fazenda.

Você se questiona: como devo ir vestido? Será de terno ou menos formal?

Você pensa: vou perguntar para meu irmão.

Nesta hora você se lembra que seu primo é uma fonte de informação mais confiável e decide ligar para seu primo.

 

Observe:

você criou um diálogo interno que te permitiu tomar uma decisão mais racional.

 

O diálogo interno serve para muitos outros usos.

Uma pessoa pode ter raiva de alguém e ficar imaginando formas de se vingar.

Ela SIMULA as situações, reforça a raiva em seu interior, intensifica todas as sensações e sentimentos envolvendo a raiva.

Mas, ela não decide nada, fica sem atitude, sem ação, etc.

Ela apenas repete várias vezes o diálogo/fantasia dentro de sua mente.

 

O maior vício que existe em nossa sociedade é o vício de ficar SIMULANDO DENTRO DA MENTE.

Nenhum vício é pior e mais comum do que este.

A pessoa se aliena da realidade e foge para os pensamentos e emoções que dominam sua vida.

 

As formas mais eficientes de romper com este vício é:

  1. parar as sequências de pensamentos;
  2. praticar aquilo que se fala e pensa (principalmente o que for nobre);
  3. intensificar os sentimentos mais nobres e transformá-los em ação;
  4. praticar a autoprivação e o autocontrole;
  5. desenvolver a Mente Neutra e aquietar a mente.

 

Quando as pessoas desenvolvem o vício da SIMULAÇÃO MENTAL elas se alienam da realidade.

 

Pessoas alienadas não enxergam as oportunidades ou não intensificam as ações para aproveitá-las com intensidade.

Elas tornam-se fracas, que precisam sempre fugir da realidade.

 

Neste texto quero mostrar um dos perigos da mente alienada.

 

 

Perder oportunidades e aumentar o sofrimento é a rotina da mente alienada

 

“No dia em que sorri para você sua mente voava e você não percebeu.

 

No momento em que mostrei meu interesse sua mente vagava e você não entendeu.

 

Quando tentei te dar carinho sua mente estava longe e você não sentiu.

 

Só quando parti, a dor fez sua mente prestar atenção.

 

Só quando me fui, a tristeza fez sua mente focar em mim.

 

Só quando estava longe, sua mente pediu para suas mãos me acariciarem.

 

Só quando estava ausente, sua mente estava presente.

 

Você desperdiçou o amor e abraçou a dor”.

 

Autor: Regis Mesquita

Mais

Sou o responsável pela minha vida

 

Deixe de ser vítima. É você quem deve cuidar para que sua vida fique melhor

 

 

Assuma a sua vida, não se abandone na mão de outras pessoas

 

“Sou o responsável pela minha vida.

 

Eu aproveito as oportunidades que tenho.

Mais

Focar o presente e a simplicidade para amplificar a satisfação

 

 

 

Por Regis Mesquita

 

  • São nos momentos mais simples da vida que encontramos bons exemplos para explicar grandes verdades.

 

A atenção no aqui agora aumenta a sua satisfação

 

O sujeito foi tomar um café especial; um café caro e saboroso que raramente se dispunha a pagar o preço.

 

Naquele dia ele resolveu pagar caro e sentou para tomar o café especial.

O que aconteceu?

Aconteceu o que sempre acontecia: ele começou a tomar o café sem prestar atenção no que fazia.

Sua mente, a mente reativa, estava CONDICIONADA a fugir da realidade para as fantasias e se fixar nos desejos e nos problemas.

Basicamente, sua mente não estava presente enquanto ele tomava o café.

 

Mais

%d blogueiros gostam disto: