Mente Neutra, a mente que abraça o amor

 

 Você só sentiu minha falta quando me perdeu. Você desperdiçou o amor e abraçou a dor.

 

“No dia em que sorri para você sua mente voava e você não percebeu.

 

No momento em que mostrei meu interesse sua mente vagava e você não entendeu.

 

Quando tentei te dar carinho sua mente estava longe e você não sentiu.

 

Só quando parti, a dor fez sua mente prestar atenção.

 

Só quando me fui, a tristeza fez sua mente focar em mim.

 

Só quando estava longe, sua mente pediu para suas mãos me acariciarem.

 

Só quando estava ausente, sua mente estava presente.

 

Você desperdiçou o amor e abraçou a dor”.

 

 

Autor: Regis Mesquita

Mais

Focar o presente e a simplicidade para amplificar a satisfação

 

 

 

Por Regis Mesquita

 

  • São nos momentos mais simples da vida que encontramos bons exemplos para explicar grandes verdades.

 

A atenção no aqui agora aumenta a sua satisfação

 

O sujeito foi tomar um café especial; um café caro e saboroso que raramente se dispunha a pagar o preço.

 

Naquele dia ele resolveu pagar caro e sentou para tomar o café especial.

O que aconteceu?

Aconteceu o que sempre acontecia: ele começou a tomar o café sem prestar atenção no que fazia.

Sua mente, a mente reativa, estava CONDICIONADA a fugir da realidade para as fantasias e se fixar nos desejos e nos problemas.

Basicamente, sua mente não estava presente enquanto ele tomava o café.

 

Mais

%d blogueiros gostam disto: