Estimulando a Felicidade

 

Sintonize sua felicidade. Estimule-a e viva melhor.

 

 

A felicidade não é um sentimento

 

Os sentimentos podem estar presentes na felicidade, principalmente a alegria.

Nela cabem até sentimentos como o medo e a tristeza.

Porque a felicidade é um “estado de espírito”.

Um “estado de espírito” é  uma vivência interna que se MANTÉM NO TEMPO e persiste mesmo que existam oscilações momentâneas.

 

Traduzindo:

a felicidade se mantém mesmo que a uma pessoa esteja sob a mira de um revolver.

Naquele momento ela terá medo, angústia e insegurança.

Tão logo passe a situação traumática, o que se IMPÕE em sua mente é o estado de espírito da felicidade.

 

A mente humana sempre PRODUZ sentimentos, sensações e percepções que permanecem e independem da realidade externa.

A pessoa pode se sentir triste, mesmo sem motivos externos.

Ou pode estar satisfeito, mesmo sem motivos externos.

 

A felicidade é um estado de espírito que existe e está funcionando em todos os momentos.

Em algumas situações o estado de felicidade fica escondido, mas operante.

 

PERMANÊNCIA, continuidade e força interior são as palavras chaves para entender o estado de felicidade.

 

  • Para simplificar a explicação peço que você leia os escritos da figura inicial deste artigo.

 

A pessoa diz: “eu quero felicidade”.

Eu é o ego. Quero é desejo. Felicidade é um estado mental.

 

A felicidade é um estado que sempre existe dentro das pessoas.

Em algumas pessoas é grande e em outras, pequeno.

Ela pode ser cultivada e estimulada.

Mas, que fique claro, é um estado da mente que já existe dentro da pessoa.

Por isto, algumas pessoas dizem que você tem que se sintonizar com a felicidade.

 

O ego ajuda quando cria condições que facilitem este SINTONIZAR.

Através da razão, da lógica, da organização, do planejamento, etc., o ego pode criar condições de vida eficientes que favoreçam a PERCEPÇÃO dos conteúdos internos da mente.

É “dentro” da mente que são produzidos a felicidade e outros estados mentais.

 

Um exemplo da importância do ego:

imagine um agricultor que semeia a terra fora da época correta.

Talvez passe fome e desenvolva culpa por ver os filhos sofrendo.

Tudo isto conturbará sua mente, dificultando a percepção da sua realidade interna mais básica.

Portanto, a grande função do ego é criar uma vida simples, sensata e eficiente.

Outra função muito importante é se sintonizar com o melhor que existe dentro de cada um.

 

 

Outros textos de Regis Mesquita

 

O menino que não sabe ser feliz (desejos criando sofrimentos)

 

Pessoas que sofrem por causa da mente reativa

 

Eu estava no paraíso e não sabia

 

 

O papel do ego na estimulação da felicidade

 

Apesar da felicidade ser um estado interno, é mais fácil de ser ESTIMULADA e SINTONIZADA quando existem condições adequadas.

O ego, portanto, pode ser facilitador desta sintonia. Ou pode ser um dificultador.

 

O ego passa a atrapalhar quando se torna tão DOMINANTE que as pessoas têm pouco contato com os conteúdos internos que brotam da mente.

Neste caso, a vida fica tremendamente limitada e sem rumo.

 

  • Boa parte do rumo que o ser humano deve dar à sua vida está PRESENTE EM SUA MENTE, pois foi planejado e organizado no plano espiritual.

 

Este planejamento aparece sob a forma de sensações, interesses, vocações, intuições, sentimentos e outros, que brotam do “fundo da alma”.

Mesmo sem serem estimulados, eles brotam “sem muito porque e nem motivo” (na realidade há o porquê e o motivo, mas a pessoa o ignora).

 

Observação:

se você estimular estes conteúdos e estados mentais, eles ficam mais presentes e firmes – a regra é sempre estimulá-los.

(Aprenda mais estudando o livro A Espiritualidade no Dia a Dia)

 

Resumindo:

o ego tem dois importantes papéis. Um é ajudar a ter vida eficiente, organizada e planejada.

O segundo é se SINTONIZAR com o melhor que existe dentro da pessoa.

 

A função do ego é prática.

Ele permite, por exemplo, que a pessoa aprenda matemática muito bem.

Ao estudar matemática, a pessoa abre mão de estudar história grega (por exemplo).

O ego é um redutor. Para funcionar, ele precisa reduzir.

Para reduzir ele gera tensão e exclusão.

Pessoas muito ligadas ao ego são pessoas que tendem a ter muito stress e muita tensão.

Isto é o oposto da felicidade que é expansão, desapego e fluidez.

 

Um dos segredos para manter a sintonia com a felicidade é TIRAR A DOMINÂNCIA do ego.

Sem dominância, o ego age assim: ele deve ser forte para cumprir seu papel e humilde para se submeter à mente total.

 

Pode-se aprender e treinar o ego para DEIXAR DE SER DOMINANTE.

Pode-se superar os traumas, as dúvidas e as inseguranças que ajudam a tornar o ego dominante.

Há muito o que fazer para “colocar o ego em seu devido lugar”.

 

 

O espírito diz: encontre a sua paz e até o maior dissabor da vida será transformado em doçura e serenidade. Livro A Espiritualidade no Dia a Dia

 

 

Desejos devem ser poucos, eventuais e bem direcionados

 

Na figura existe uma segunda complicação: o desejo – “eu quero”.

 

Para que serve o desejo?

O desejo é uma projeção no futuro; em pequenas doses é uma motivação para a ação.

É uma grande conquista humana, quando usado com muita precaução.

 

Exemplo:

um adolescente quer ser (no futuro) advogado.

Com este desejo, ele orientará suas ações (hoje) para atingir este objetivo (no vestibular fará inscrição para direito).

 

O problema começa quando as pessoas tornam-se máquinas que não param de desejar.

Isto conturba a mente e dificulta a percepção da realidade interna.

Também cria problemas, gera perda de energia, angústia, complicações, desavenças, etc.

 

Outro problema é que o desejo constante DESFOCA A PESSOA DO PRESENTE.

Torna mais difícil dar intensidade à vida e praticamente impossibilita o usufruto do que existe e do que se é.

O desejo constante atrapalha e conturba as condições que são as grandes facilitadoras da sintonização com a felicidade.

 

Resumindo: o desejo deve ser pouco, eventual e bem direcionado.

 

 

Conquistar a Mente Neutra para manter a felicidade forte em todas as situações

 

Na figura, após colocar o ego no seu lugar e se desligar do desejo, sobra a felicidade.

 

Na realidade, ainda falta um passo muito importante.

O objetivo maior é conquistar a Mente Neutra.

Esta mente, QUE É NEUTRA, é que te permitirá MANTER a felicidade mesmo em situações negativas.

 

  • Sintonizar o estado de espírito de felicidade não depende de fatores externos, apesar de ser mais fácil se os fatores externos forem melhores.

 

Observe esta situação: uma pessoa ama outra e não é correspondida.

É uma situação desagradável, mas que pode não gerar sofrimento ou gerar pouco sofrimento.

Dependerá se:

  • o estado de felicidade foi estimulado e é capaz de se contrapor à dor da decepção;
  • se desenvolveu a serenidade e o desapego;
  • se a Mente Neutra está agindo para estabilizar a dor e promover o que é nobre.

 

Conquistar estas qualidades é muito mais fácil quando se está longe da dominância do ego e não há desejos múltiplos conturbando a mente.

 

  • A felicidade é, portanto, uma “PLATAFORMA” em cima da qual qualidades nobres podem ser desenvolvidas com mais facilidade.

 

 

Desapegue-se do ego para sua evolução ser mais suave

 

  • A evolução pode ser algo simples, como o fluir de um rio em uma planície.

 

As pessoas complicam a vida e tornam a evolução muito complexa, como um rio cheio de corredeiras e perigos (sofrimentos).

Quem está excessivamente apegado ao ego terá que sofrer para desenvolver as qualidades mais nobres da vida (o sofrimento serve para quebrar momentaneamente a dominância do ego).

 

O ego é fundamental na conquista de algumas habilidades como, por exemplo, a disciplina.

Por outro lado, ele é péssimo para gerar desapego ou benevolência.

Qualidades mais nobres são melhor desenvolvidas quando são usados outros recursos da mente que vão além do ego.

O sofrimento, ao quebrar as barreiras do ego, facilita a emersão (temporária) de conteúdos internos sutis e nobres que a mente produz constantemente.

 

 

Treinamento espiritual para atingir a paz interior

Livro recomendado para os leitores do Blog Caminho Nobre

 

 

A felicidade, e não só a felicidade, é produzida constantemente dentro da nossa mente.

Podemos desenvolvê-la, podemos estimulá-la, devemos aprender a sintonizar com ela.

Tirar a dominância do ego e desestimular os desejos são dois recursos muito importantes para atingir este estado de espírito.

Além destes recursos existem outros.

Aqui no blog Caminho Nobre você encontra dezenas de dicas e técnicas para estimular sua mente.

 

  • A vida de cada um pode ser mais bela, saudável e evoluída quando sintonizada com o estado de espírito chamado felicidade.

 

Viver é uma arte.

Viver com sensibilidade para o que EMANA DO NOSSO INTERIOR é mais importante ainda.

Grande parte das pessoas desenvolve sensibilidade para o que é negativo.

Enquanto isto, as experiências mais nobres ficam isoladas e desvitalizadas em algum canto da mente.

 

Por fim, quem tem depressão sabe muito bem que a mente produz estados mentais “sem motivo” externo.

Ela também produz felicidade e outros tantos estados mentais.

 

Autor: Regis Mesquita

Contato, Orientação e Terapia: regismesquita@hotmail.com

 

 

Quer receber nossos emails?

 

A cada 15 dias mandamos um email com novidades e textos especiais.

Solicite através do email de contato acima.

 

 

 

Vídeo Espiritual: Siga o Fluxo e Desperte suas Forças Interiores

Assista este vídeo do Canal Caminho Nobre, CLIQUE AQUI

 

 

 

Leia também:

 

O Ego precisa de certezas

 

Viva simples, mas viva Intensamente

 

O cego que enxergava

 

Para a consciência seguir a lógica do espírito é preciso treinamento

 

Evolução é caminhar do complexo para o simples e do difícil para o fácil

 

Eu sou diferente. Histórias e decisões de quem pratica o Caminho Nobre

 

 

 

Livros do Autor Regis Mesquita

CONHEÇA E LEIA, CLIQUE AQUI

 

 

 

 

DIREITOS AUTORAIS

 

Os textos do Blog Caminho Nobre, escritos pelo seu autor Regis Mesquita, estão REGISTRADOS junto ao Escritório de Direitos Autorais da Fundação Biblioteca Nacional.

Proibida a reprodução! Este artigo não pode ser reproduzido por meio impresso, eletrônico ou qualquer outra forma sem a autorização escrita do seu autor (SAIBA MAIS).

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: