Viver sem ciúmes. Vou ser quem ama e oferece uma vida feliz e legal.

 

Mesmo que eu sofra com o ciúmes, a pessoa que eu amo receberá carinho, amor e respeito.

 

 

Antes de fazer esta mentalização você precisa responder a pergunta: existe algum motivo real para você sentir ciúmes do(a) parceiro(a)?

Se a resposta for não, siga em frente.
Se a resposta for sim. É necessário enfrentar este motivo real do ciúmes.
 

 
Se você está lendo este texto é porque reconhece que o ciúmes é um problema que torna sua vida pior.
É importante também perceber que ele é um gerador de pensamentos e sentimentos negativos.
Ciúmes gera fantasias, raiva, desejo de vingança, brigas, acusações, irritação, entre outros.
Ou seja, para controlar seu ciúmes é necessário estar atento aos seus subprodutos. Estes subprodutos são poderosos e fortalecem o problema.
 

 

A mentalização abaixo foi criada para você ficar focado na postura ideal para fortalecer sua mente e superar o ciúmes e seus subprodutos.
Imprima esta página e mantenha próximo a ti para lê-la e mentalizá-la várias vezes por dia, por vários meses.
A cura só é realmente profunda quando vem acompanhada de fortalecimento e desenvolvimento de qualidades e sabedorias.

 

 
Não vou infernizar quem eu amo.
Não vou acusar.
Não vou sentir raiva de quem eu gosto.
A pessoa que eu amo merece meu amor, carinho e respeito.
Mesmo que eu sofra com o ciúmes, ela receberá amor, carinho e respeito.
Só posso superar o ciúmes se me fortalecer.
Enquanto não melhorar, aceitarei sofrer com a minha insegurança.
Abro mão do desejo de controle.
Vou oferecer o que é bom.
Vou correr o risco de amar alguém.
Vou ser cada dia mais forte e melhor.
Vou realizar meus sonhos pessoais e ficar cada dia melhor.
Vou ser quem ama e oferece uma vida feliz e legal.
Vou ser quem ama e oferece uma vida em paz e dinâmica.
 
Regis Mesquita
[Mentalização 32, do Blog Caminho Nobre]
 
Lista com todas as mentalizações do Blog Caminho Nobre
https://caminhonobre.com.br/mentalizacoes/

 
Saiba mais sobre as mentalizações: clique aqui.
 

 

Além de mentalizar, é muito importante que:
– você dialogue com seu parceiro(a) – amigo(a).
– não tenha nenhuma atitude negativa para tentar “ficar por cima”, elas pioram o problema.
– convide-o(a) a te ajudar.
 

 
IMAGEM:

João, percebeu que sua esposa conversava com outras pessoas.
Ela estava super feliz.
João pensou: “quem está deixando minha esposa muito feliz”?
Imediatamente soou o sinal de alerta do ciúmes.
Porque ninguém tem ciúmes do que é ruim.
Tem ciúmes do que é bom: no caso a felicidade.
Como acabar com o risco que a felicidade significava?
Acabando com a felicidade.
A cabeça de joão ficou povoada de pensamentos negativos.
Ele se aproximou e transformou pensamentos negativos em palavras.
Sua esposa ficou triste. A infelicidade acabou com o sofrimento/insegurança do João.
Quem ama deveria ficar feliz com a felicidade do outro.
Quem ama deveria ficar feliz com o progresso e as conquistas do outro.
Para muitas pessoas não funciona assim: o ciúmes vem, trazendo junto a maldade que destrói o que é nobre e positivo.
Não crie conflito quando o melhor da vida chegar. Isto é muita burrice!

 

 
Para refletir:

Quem abandona o excesso de egoísmo e começa a compartilhar, cria vínculos mais sólidos. Vínculos que se transformam em parcerias.

Sabe qual é a função das parcerias? Tornar mais simples a vida, resolver problemas com menos dificuldades e aproveitar melhor o tempo.

Foi para desenvolver vários tipos de relacionamentos que Deus colocou o ser humano para viver em sociedade.

Cada relacionamento gera oportunidades e dificuldades. Mas, quando o ser humano amadurece seus relacionamentos são mais oportunidades e menos conflitos.

Tenha em sua mente o propósito de criar parcerias. Afinal, elas são fundamentais para sua evolução e para seu usufruto.

Regis Mesquita
 
Texto originalmente postado na página Nascer Várias Vezes do Facebook
https://www.facebook.com/nascervariasvezes

 

 
Leia também:
 
Corrigir erros, método certeiro para fortalecer a mente e ampliar a consciência
 
O lugar das perdas em uma vida boa
 
Rancor no casamento e no namoro – terapia de casal
 
Casamento, a hora em que a coragem é fundamental
 
A esposa que não soube intensificar sua alegria
 
A dificuldade de dizer “Eu te amo”
 
Aprenda a tolerar um pouco de sofrimento para fortalecer sua mente. Mente forte é mais preparada para evoluir e conquistar objetivos.

 

 

Jamais esquecer de Deus quando precisar ajudar alguém.

 

 
Dica:
 
Para ficar por dentro das novidades do blog.

https://www.facebook.com/FilosofiaDoBomHumor

 

 

Compartilhe com seus amigos as imagens deste texto.

Para ter acesso a centenas de outras imagens como estas clique aqui.

 

 

Direitos Autorais:

Os textos do Blog Caminho Nobre, escritos pelo seu autor Regis Mesquita, estão registrados junto ao Escritório de Direitos Autorais da Fundação Biblioteca Nacional.
 
 

adicione-favoritos

 

Anúncios

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. renataelus
    set 02, 2015 @ 15:22:42

    Otimo!!

    Enviado do meu iPhone

    >

    Resposta

  2. Etni
    jun 01, 2016 @ 02:12:14

    Quero a ajuda de eu vocês tenho ciumes insuportáveis até de televisão me sinto uma droga isso me machucar por dentro o que eu faço? ??? Ajude me por favor …

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: