Mantenho meu coração repleto de gratidão pelo meu pai

A mente reativa gera desconfiança onde poderia haver aceitação, gera raiva onde poderia haver paz.

 

A mentalização desta página foi planejada para os filhos que cuidam de pais adoentados.

 

Mas, serve para todas as pessoas que amam e querem servir com amor e carinho.

 

Mais

Anúncios

Podemos nos esforçar para ofertar bastante e assim retribuir tudo o que recebemos

 

Chico Xavier frase. Um dia bonito nem sempre é um dia de sol. Mas, com certeza, é um dia de paz.

 

 

Jesus disse: peça e lhes será dado.

 

As pessoas pedem vídeo game, carro, dinheiro.

 

Pedem de tudo; tal qual crianças pequenas pedem para seus pais.

 

Mas, será que é este o caminho de Deus?

 

Será que é isto que o Mestre Jesus quis ensinar?

Mais

A verdade é a melhor forma de ser delicado

 

O sábio esquece os insultos da mesma maneira que os ingratos esquecem os benefícios.

 

 

Por Regis Mesquita

 

Um mundo evoluído é composto por pessoas que possuem muito o que ofertar e ofertam intensamente. Ou seja, elas se permitem estabelecer trocas, visando compartilhar o conhecimento e gerar ajuda mútua.

 

Se você quer ser uma boa pessoa deve desenvolver habilidades, sabedorias e qualidades. O ser humano é ação, portanto serão estas habilidades, sabedorias e qualidades que poderá ofertar. Se um amigo não consegue aprender matemática e você sabe a matéria, poderá ofertar seu conhecimento. Ele será beneficiado e você também.

Mais

Não julgue: uma regra para educar o espírito

 

Não julgue a dor de uma pessoa se você nunca experimentou uma dor igual

 

 

Por Regis Mesquita

 

Jesus, o Cristo (Cristo não é nome, é um adjetivo que quer dizer o ungido), nos informou que não devemos julgar. Ao nível do ego, esta é uma regra moral. Com esta regra procura-se evitar injustiças, seja por falta de informação ou por algum desvio de personalidade.

 

É importante lembrar que ninguém nunca será capaz de captar a realidade por inteiro. Esta incapacidade torna todos os julgamentos muito sujeitos a erros e causa de grandes sofrimentos.

 

Jesus, porém, não pensava apenas na moral. Ao contrário, ele se interessava muito em educar o espírito. Portanto, o não julgueis é antes de tudo uma regra prática para estimular a ação do espírito.

Mais

%d blogueiros gostam disto: