Vergonha – como superar este sentimento quase inútil no adulto? (o fator mínimo)

O sábio se fortalece através das feridas que surgem em sua alma. Ele tem força interior porque não fugiu da luta e nem se iludiu. Regis Mesquita

 

 

A vergonha é muito importante na infância, ela é fundamental para o amadurecimento da personalidade. Este sentimento obriga a criança a direcionar sua atenção para o meio social, pois nesta idade é importantíssimo aprender e se adaptar às regras sociais.

 

Vergonha, inicialmente, é vergonha dos outros, do que os outros vão pensar ou falar. Vergonha do julgamento dos outros. É uma relação entre o eu e os outros. Quando os valores sociais já estão aprendidos e “dentro” da pessoa (introjetados), a vergonha também será de si mesmo. Portanto, a vergonha serve, na infância, para estimular a adaptação aos valores sociais.

 

Exemplo: um garoto chegou para o pai e pediu uma nova mochila. Ele tinha a mochila do Homem Aranha, o que estava fazendo-o passar vergonha. O homem aranha era considerado um personagem de criancinhas e ele queria demarcar que já era pré-adolescente. A vergonha tornou mais forte o sentimento de inadequação do personagem com a nova identidade que ele queria criar. É como se ele dissesse: morro de vergonha de alguém me considerar uma criancinha. Esta vergonha o estimulava a ter comportamentos e interesses diferentes, para se adequar ao que socialmente se espera de um pré-adolescente.

Mais

Anúncios

Focar o presente e a simplicidade para amplificar a satisfação

 

 

 

Por Regis Mesquita

 

São nos momentos mais simples da vida que encontramos bons exemplos para explicar grandes verdades.

 

O sujeito foi tomar um café especial; um café caro e saboroso que raramente se dispunha a pagar o preço.

 

Naquele dia ele resolveu pagar caro e sentou para tomar o café especial. Sua mente, a mente reativa, estava condicionada a fugir da realidade para as fantasias e se fixar nos desejos e nos problemas. Basicamente, sua mente não estava presente enquanto ele tomava o café.

 

Com a mente focando outro lugar que não o ato de tomar o café, ele praticamente não sentia o gosto do café.

 

Essa pobreza mental continuou até a metade do copo de café. Nesse momento algo aconteceu que o tirou da fantasia mental e o trouxe de volta para a realidade do café caro que havia escolhido tomar.

Mais

Eu estava no paraíso e não sabia

 

Mente Neutra ou Mente Reativa: está na hora de você saber qual delas domina sua mente. Caminho Nobre

 

 

Este texto mostra a importância de migrar da mente reativa para a Mente Neutra para poder aproveitar o melhor da vida.

 

Todas as pessoas querem ter uma vida mais fácil, querem superar os desafios e querem viver sossegadas. Todavia, o que acontece quando uma pessoa atinge estes três objetivos e age com a lógica da mente reativa?

 

Mais

Esteja presente em suas ações e ganhe um presente da vida

 

Devagar e calmo. Esvazie sua mente e fique atento. Tente aproveitar o momento. Este momento é sua vida. Anônimo

 

Por Regis Mesquita

 

Existe um momento mágico na vida: o presente. Ele é pequeno, minúsculo. Mas, se repete sempre.

 

Ele deve ser tratado com muito cuidado e carinho. Ele é pequeno; portanto, sua ação também deve ser pequena.

 

A respiração é o exemplo perfeito. Em um presente você inspira o ar. O presente se repete e você expira o ar. Este ciclo se repete e realiza a grande obra de te manter vivo por décadas.

 

Mais

Próxima Entradas mais recentes

%d blogueiros gostam disto: