Mitos da vida moderna: eu me acomodei, isto não é bom

É muito mais importante a sabedoria do que a segurança


Autor: Regis Mesquita

A ROTINA PODE SER BOA E TE AJUDAR A SER FELIZ

João disse para o psicólogo: “eu me acomodei e isto não é bom. Preciso mudar”. 

Ele não estava satisfeito com a sua vida.

Ele manteve a mesma rotina durante muitos anos. Era cômodo ficar como estava. Aos poucos, tudo foi piorando e ele não reagiu.

Para ele, acomodar significava agir da mesma forma e fazer as mesmas coisas. O resultado foi a insatisfação.

Pensou no que deveria mudar e percebeu que estava acomodado. Chegou à conclusão de que esta era a atitude causadora da insatisfação.

É muito comum esta avaliação e muitas vezes ela é correta.

Se a pessoa possui uma vida vazia ou ruim, a acomodação é uma postura terrível.

Afinal, ela se acomoda em cima do nada ou do negativo.

João não tinha uma vida vazia.

Ele cumpria muito bem todas as suas funções sociais e era bastante dinâmico.

Tinha uma personalidade bem estruturada e administrava razoavelmente bem a sua vida.

Uma vida bem estruturada é antes de tudo uma vida acomodada.

É fácil entender.

Suponhamos que uma pessoa tenha prestado concurso para passar em um bom emprego.

Ao conquistar o emprego é normal que ele se acomode neste trabalho.

Afinal, ele tem um bom trabalho, bem remunerado… Porque mudar?

Nem sempre é necessário mudar ou fazer coisas diferentes.

Se você plantou algo, tenha paciência e perseverança para cuidar da planta e
esperar ela dar frutos.

Se a planta dá bons frutos você NÃO deve arrancá-la para plantar outra.

Esta continuidade é importante para você USUFRUIR dos seus esforços.

Toda boa situação requer de nós submissão, aceitação e acomodação.

Ou seja, se você plantou abacaxi tem que colher abacaxi. Se for vender uma
fruta, será o abacaxi.

O que quero dizer é que devemos desenvolver qualidades e habilidades e
APROVEITAR delas.

Uma pessoa aprendeu a jogar tênis. Ela deve, preferencialmente, jogar tênis.

Ela já sabe jogar, já tem os equipamentos. Ela tem que USUFRUIR do que
conquistou.

Ela pode mudar de jogo? Pode sim. Mas, a PREFERÊNCIA tem que ser
valorizar o que construiu e conquistou.

LEIA TAMBÉM: Neste momento eu tenho o suficiente para ser feliz?

ACOMODAR É ÚTIL PARA O DESENVOLVIMENTO DA ESPIRITUALIDADE

O desenvolvimento da sensibilidade, da quietude da mente, da serenidade e da
paz interior é MUITO FACILITADO quando a pessoa valoriza e usufrui do
que conquistou, desenvolveu, aprendeu.

Desenvolver sua sensibilidade é mais fácil quando você controla seus desejos
e vontades.

Usufruir e valorizar as coisas, situações e habilidades pessoais é uma forma de
ABANDONAR A DEPENDÊNCIA dos desejos e vontades.

Quando você valoriza algo que já existe você está bloqueando os desejos
e criando espaço para que os sentimentos mais nobres ganhem espaço e
força.

Valorizar significa repetir, continuar, permanecer.

A acomodação é isto: PERMANÊNCIA.

Você gosta da sua casa, você continua morando nela ou sai em busca de outra?

Sair em busca de outra casa gera trabalho, desgaste, custo, desejos, etc.

Usufruir da casa (acomodar-se) é muito mais fácil. Basta valorizá-la. Ter respeito, carinho e gratidão pela casa não dá nenhum trabalho.

O que importa para o espírito NÃO é o desejo, mas o uso das melhores qualidades que temos em nosso interior.

Ou seja, quando a pessoa valoriza a casa ela está usando o melhor que existe dentro dela e, ao mesmo tempo, está bloqueando os desejos.

Outro exemplo: o rapaz adora jogar futebol.

Faz cinco anos que todas as quartas-feiras à noite ele joga futebol.

Está acomodado nesta ótima situação, que lhe proporciona lazer e melhor saúde.

Por que mudar? Por que largar?

É melhor se acomodar e aproveitar.

Ele deve aproveitar a amizade, a cooperação e tudo o mais que o jogo de futebol proporciona.

A vida boa e organizada é antes de tudo uma vida acomodada.

ASSISTA O VÍDEO DO CANAL CAMINHO NOBRE no Youtube

NÃO COMPLIQUE SUA VIDA. APRENDA A SE ACOMODAR.

Duas vantagens da acomodação:

1) valoriza a simplicidade e a facilidade;

2) coloca limites para os desejos e vontades.

A acomodação é uma forma de NÃO complicar a vida.

Por exemplo:

é simples, para o rapaz do exemplo anterior, ir jogar futebol.

Ele REPETE toda semana algo fácil, simples e prazeroso.

Para mudar ele teria que abandonar algo bom.

Teria que buscar algo melhor e provavelmente não encontraria.

Muito melhor é ficar acomodado e curtindo o que já faz e gosta.

Ele tem prazer, motivação e alegria no esporte. Se precisar mudar em outra área da vida, ele terá muito mais força interior.

Dica: aproveite o que é simples. Poupe esforços porque sempre existirão desafios na sua vida.

(Para entender melhor a simplicidade da acomodação, leia este texto)

PRESTE ATENÇÃO NA DISPONIBILIDADE DE TROCA

Se o problema deste homem não estava na acomodação e nem na rotina que a acomodação ocasiona, onde estava?

O problema estava em algo muito importante para o espírito: A DISPONIBILIDADE DE TROCA.

A disponibilidade de troca é a forma como nós recebemos o que vida nos oferece e o que ofertamos em retribuição.

Todos devem estar disponíveis para TROCAS INTENSAS. Receber-aproveitar e ofertar-colaborar.

A vida nos oferece uma infinidade de coisas.

Saber recebê-las, saber percebê-las e saber valorizá-las é fundamental.

Quanto menos julgamento, quanto menos desejo, quanto menos barreiras melhor. Mais clara e proveitosa é a recepção e o compartilhar.

Às vezes, o que complica receber o que chega são os julgamentos, os desejos e as imaturidades.

Se a pessoa complica, ela desperdiça as oportunidades. Aos poucos, a vida de quem desperdiça vai ficando pior.

Para não desperdiçar aprenda a PERCEBER, VALORIZAR, APROVEITAR.

  • Quem recebe deve também oferecer. Deve colaborar, ajudar, servir, cooperar.

Em todas as situações da vida você deve se perguntar: como posso ajudar? O que posso aproveitar?

É muito importante aprender a aproveitar e ter a sabedoria de ofertar.

Quem vive estas duas polaridades em alta intensidade é que terá mais facilidade para vivenciar a espiritualidade.

A TROCA é o que gera as mudanças e os movimentos necessários para que a vida não empobreça.

João estava sofrendo porque sua vida ficou pobre de boas vivências. Faltava a disponibilidade de troca.

Leia também: MUTUALISMO é o nível mais alto da disponibilidade de troca

Francisco, o homem que passou no concurso, deve fazer o melhor possível para RETRIBUIR os benefícios que possui em seu emprego.

É este interesse em fazer o melhor possível (a disponibilidade de troca) que gera a INTENSIDADE necessária para que a vida não empobreça.

Se ele não se esforçar, aos poucos tudo ficará difícil e com menos motivação.

Aos poucos, a vida ficará ruim.

Leia também: Siga os sinais da vida e evite a vida atrofiada

PESSOAS IMATURAS DESISTEM QUANDO DEVERIAM INTENSIFICAR

Existem pessoas que se esforçam muito para passar em um concurso público.

Depois que passam esquecem o esforço. Começam a fazer tudo mais ou menos.

Fazendo as coisas mais ou menos, a vida ficará mais ou menos. A insatisfação chegará mais cedo ou mais tarde.

É preciso AGIR COM INTENSIDADE para que a vida não empobreça.

Como intensificar a vida?

Através da disponibilidade de troca.

De onde virá a força interior para fazer tudo bem-feito?

Das suas qualidades mais nobres.

Ao usar o melhor que existe de melhor dentro de você sua força interior estará sempre sendo ampliada.

João, Francisco e todos nós vivemos melhor quando usamos o que existe de mais nobre dentro de nós.

Por exemplo: gratidão. Ou boa vontade, respeito, carinho, alegria em servir…

Todos os sentimentos nobres ENERGIZAM nossa vida.

Eles dão força e tornam mais fácil superar as dificuldades.

Existe um problema e duas pessoas para resolvê-lo. Um tem boa vontade e o outro não. O que tem boa vontade terá mais força interior para superar o problema.

Um tem gratidão e o outro é um ingrato que acumula rancor dentro de si. Quem terá mais alegria em colaborar? Quem terá mais energia ao final do dia?

O momento em que as pessoas desistem ou vão para o egoísmo é, na realidade, o melhor momento para cultivar os sentimentos e pensamentos mais nobres.

Ou seja, oferecer o melhor, vencer a preguiça, vencer as desculpas, vencer o orgulho, vencer a vaidade.

Dar o melhor de si em retribuição. Colaborar, cooperar, amparar, ajudar, criar belezas espirituais dentro de si.

As pessoas desistem ou diminuem a dedicação exatamente nos momentos mais propícios para que as melhores qualidades emanem de dentro para fora.

O homem que passou no concurso se esforçou para ser aprovado no concurso.

É comum entrar e perder a motivação e o interesse em retribuir.

Se ele não oferecer o melhor irá empobrecer a sua vida.

Oferecer muito, mesmo que receba pouco.

Oferecer para permitir que o melhor de si venha para fora e você possa viver sintonizado com o que há de mais nobre no universo.

Esta sintonia será a porta que abre para a vivência espiritual mais intensa.

Ou seja, se a pessoa joga bola ou gosta de correr, não precisa mudar seu esporte.

Faça bem-feito, agregue ajuda ao próximo, respeito, ternura, colaboração, compaixão, gratidão.

A rotina dos exercícios (por exemplo) gerará acomodação, é bom que seja assim.

Esta organização vai facilitar o seu desafio de manter-se sempre exercitando.

Mas, será a disponibilidade de troca que permitirá que as experiências que daí surgirem sejam sempre ricas em bons aprendizados, boas sintonias, boas vibrações e que você viva um Fluxo positivo.

Leia também: Ofertar sempre, para continuar vivendo bem

Se impregne de bons exemplos para que eles possam te motivar.

CONHEÇA os livros do Autor Regis Mesquita

REGRA: VOCÊ PRECISA EVITAR O EMPOBRECIMENTO DA SUA VIDA

Tenha sua rotina; mas se esforce para AGREGAR pensamentos, interesses e sentimentos nobres.

São eles que vão gerar um FLUXO que te permitirá manter-se sintonizado com o mais nobre e ter uma vida interior rica de aprendizados.

Será também a melhor forma de manter alta sua disponibilidade de troca.

Conclusão:

intensifique sua vida gerando o melhor que puder.

Agregue o que é nobre.

Desenvolva sua sensibilidade porque esta é uma situação muito propícia para a abertura espiritual.

Nem sempre acomodar é ruim. Muitas vezes é necessário acomodar para ter uma vida simples e repleta de sentimentos, pensamentos e ações nobres.

Autor: Regis Mesquita

Contato e Orientação: regismesquita@hotmail.com

SIGA O SITE CAMINHO NOBRE NAS REDES SOCIAIS

Twitter , Instagram , Facebook , Link Tree , Pinterest , Aplicativo Dia a Dia Espiritual , Grupo Telegram , Canal Youtube

CONHEÇA E LEIA, CLIQUE AQUI

Leia também:

Não julgue uma regra para educar o espírito

O diálogo com a criança tem que dirigir ao seu espírito

Viva simples, mas viva intensamente

A arte de aumentar o próprio sofrimento

O lugar das perdas em uma vida boa

Sobre como os desejos produzem a maldade

Crie paz interior para diminuir seu sofrimento
10 motivos para você se acostumar a ler livros usando os leitores de ebook. Eu uso o kindle e adoro.

CLIQUE AQUI! Mais ecológicos! Mais baratos!

DIREITOS AUTORAIS

Os textos do Site Caminho Nobre, escritos pelo seu autor Regis Mesquita, estão REGISTRADOS junto ao Escritório de Direitos Autorais da Fundação Biblioteca Nacional.

Proibida a reprodução! Este artigo não pode ser reproduzido por meio impresso, eletrônico ou qualquer outra forma sem a autorização escrita do seu autor (SAIBA MAIS).

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Julius
    abr 09, 2013 @ 16:50:53

    Regis,
    conheci o blog Caminho Nobre e já me inscrevi para receber as mensagens por email. Seus textos são ótimos.

    Julius

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: