O cego que enxergava

 

gratidão: um coração grato tem mais alegria e força para viver bem a vida.

 

 

João tinha 19 anos e uma ótima família que lhe proporcionava amor, estudos, alimentação adequada, orientação, boa moradia. Enfim, João tinha tudo para ter uma vida feliz e alegre. Todavia, era insatisfeito e considerava a vida sem sentido e sem justiça.

 

Antônio tinha 32 anos e uma ótima família. A vida de Antônio era muito parecida com a vida do João, à exceção da cegueira e da felicidade.
 

Um dia eles se encontraram e João notou a felicidade que emanava da face do Antônio. Só um idiota seria feliz sendo cego, pensou João.
 

Antônio notou que o seu colega de conversa era um insatisfeito. Pensou:  “existem pessoas que precisam da dor e da perda para enxergar a realidade e dar valor a ela. Eu era assim, igual a este cara. Precisei perder a visão para enxergar a vida”.
 

Os dois se despediram e foram para suas casas. Um era tão cego que acreditava que a pessoa satisfeita era idiota. O outro enxergava tanto que sabia valorizar e usufruir cada benesse que tinha da vida. Um foi ensinado pela dor, o outro estava a espera da dor.
 

Será que quando a dor chegar João irá aprender a lição ou se esforçará para não ser idiota?

 

https://www.facebook.com/ocaminhonobre/

 

Muitas pessoas ficam presas em suas idéias e fantasias e acabam se alienando totalmente da realidade. O Antônio vivia assim até ficar cego. A cegueira foi um choque de realidade que o obrigou a “voltar” para o real. É na realidade que podemos mais facilmente encontrar as oportunidades e satisfações com a vida. Apesar da grande perda, Antônio pôde ser feliz graças ao choque de realidade.
 

PS: é por isto que o primeiro passo dos alcoólatras anônimos é: eu sou alcoólatra. Assumir a realidade é o primeiro passo para mudá-la.

 

Autor: Regis Mesquita

 

 

 

Campanha:

Siga o Blog Caminho Nobre por email.

Na coluna da direita, você encontra um lugar para digitar seu email. Após enviar seu email, você receberá um email de confirmação com link para você clicar e confirmar sua inscrição. Após esta confirmação você receberá todos os textos que forem incluídos no Blog Caminho Nobre.

 

 

Leia também:

 

Meditação contemplativa: Cinco Minutos na Vida de Uma Flor

 

Cinco motivos para você aprender a parar seus pensamentos

 

Estimulando a Felicidade

 

Ninguém controla tudo o que acontece na própria vida

 

Ofertar sempre, para continuar vivendo bem

 

A esposa que não soube intensificar sua alegria

 

Livros do Autor Regis Mesquita

 

 

qualidade nobre

 

Conheça o livro Nascer Várias Vezes

– um livro planejado para auxiliar a evolução espiritual das pessoas

 

 

 Centenas de imagens com belos pensamentos para você compartilhar.

 

 

 DIREITOS AUTORAIS
Os textos do Blog Caminho Nobre, escritos pelo seu autor Regis Mesquita, estão registrados junto ao Escritório de Direitos Autorais da Fundação Biblioteca Nacional.

 

 

adicione-favoritos

 

 

Anúncios

7 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Trackback: Ao acordar agradeço a vida que tenho « Caminho Nobre
  2. Trackback: Aceitação: tempo para aprender com as situações da vida | Caminho Nobre
  3. Trackback: Estimulando a Felicidade | Caminho Nobre
  4. Trackback: Abro o meu coração para a realidade que a vida me oferece | Caminho Nobre
  5. Trackback: Imagens com pensamentos do Blog Caminho Nobre para você compartilhar | Caminho Nobre
  6. Margarida Soares Santa
    maio 30, 2014 @ 16:44:18

    FOI UM CONFORTO DESCOBRIR A VOSSA PÁGINA. BEM HAJAM!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: