Sou o único responsável por minhas ações, atitudes e pensamentos

 

Eu aceito as provas que chegarem e lutarei para criar paz em minha mente.

 

 

A responsabilidade de cada um frente ao próprio futuro

 

“Sou eu quem sofre. Sou eu quem se alegra.

 

Sou eu quem tem que cuidar de mim mesmo.

 

Outros ajudam ou atrapalham.

 

Outros colaboram ou atormentam.

 

Mas, sou Eu, espírito milenar, quem vive neste corpo.

 

Abro mão da reclamação e da desistência.

 

Sou o único responsável por minhas ações, atitudes e pensamentos.

 

Eu aceito a realidade, aceito o que sou e aproveito do que sou.

 

Aproveito para ser mais e ser melhor.”

 

Autor: Regis Mesquita

 

[Mentalização 2, do Blog Caminho Nobre]

 

 

 

Mentalização: ótima opção para descansar a mente e sair do negativismo

 

 Entenda como o Blog Caminho Nobre pode te ajudar na sua vida

 

Lista com todas as mentalizações do Blog Caminho Nobre

 

 

Seja seu próprio mestre

 

Aonde você vive?

Em um corpo, em uma cidade, em uma data específica.

Você sofre muitas influências, boas ou ruins.

Terá que conviver com elas.

Mas, você é mais do que estas influências.

Você é capaz de construir seu próprio caminho e cuidar de si mesmo.

Você é capaz. Se não fosse, não teria nascido.

Você pode construir muitas coisas positivas.

Você pode aproveitar seus recursos e criar novas oportunidades.

Sua vida está em aberto.

Você é o responsável por suas atitudes e ações.

Você é capaz, você é o responsável pelo seu futuro.

Você é o responsável por sua evolução pessoal e desenvolver qualidades nobres.

Não é fácil, mas é possível construir uma vida com muita sabedoria.

Aproveite o que você tem de bom, valorize o que você tem de bom, desenvolva o que você tem de bom.

Aproveite as oportunidades, valorize as oportunidades, se desenvolva usando positivamente as oportunidades.

Valorizar, aproveitar e desenvolver tudo o que já está dentro de você ou à sua volta.

Este é o caminho simples que você nunca deve esquecer.

As palavras mágicas são: valorizar, aproveitar e desenvolver.

 

Atenção: no final desta página você encontrará uma REFLEXÃO BÔNUS. Te convido para lê-la.

 

Autor: Regis Mesquita

Contato, orientação, terapia: regismesquita@hotmail.com

 

Quer receber nossos emails?

 

A cada 15 dias mandamos um email com novidades e textos especiais.

Solicite através do email de contato acima.

 

 

Livros do Autor Regis Mesquita

Conheça e leia

 

 

Não perca esta oportunidade! Curta Agora!

 

 

Leia também:

 

VÍDEO: A importância do autocontrole e da autoprivação para atingir níveis superiores de consciência

 

Para evoluir é necessário reencontrar a autenticidade do próprio espírito

 

Aceitação: tempo para aprender com as situações da vida

 

Sou o único responsável por minhas ações, atitudes e pensamentos

 

Eu estava no paraíso e não sabia

 

A quietude da mente gera paz e serenidade

 

 

 
Se esforce muito porque o sofrimento é temporário e a recompensa é para sempre.

 

 

Reflexão Bônus

Assuma a responsabilidade por você e construa o que é bom

 

Pessoas imaturas raramente assumem a responsabilidade pela situação da própria vida.

Não acreditam que grande parte dos seus problemas tem origem em seus atos estúpidos, ineficientes, desarmônicos e preguiçosos.

A culpa é sempre despejada em alguém ou algo externo; ou seja, a culpa é do governo, do outro, de Deus, do demônio, da sorte, etc.

Se a culpa é externa, a solução também é.

A mente desta pessoa espera que a solução e a salvação venham de fora.

Ao assumir a responsabilidade pela sua vida você estará em condições de cuidar de si mesmo.

É você quem tem que te proporcionar algo bom.

Aproveite, se do exterior vier o que é bom.

Mas, não se paralise esperando ou cobrando.

Construa o que é bom para você.

 

Autor: Regis Mesquita

 

  • Mensagem postada no APLICATIVO Dia a Dia Espiritual

 

Conheça e instale o aplicativo DIA A DIA ESPIRITUAL no seu celular

 

 

 

 

DIREITOS AUTORAIS

 

Os textos do Blog Caminho Nobre, escritos pelo seu autor Regis Mesquita, estão REGISTRADOS junto ao Escritório de Direitos Autorais da Fundação Biblioteca Nacional.

Proibida a reprodução! Este artigo não pode ser reproduzido por meio impresso, eletrônico ou qualquer outra forma sem a autorização escrita do seu autor (SAIBA MAIS).

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: