Como lidar com uma filha insegura?

 

Uma mãe me escreve: tenho uma filha de 7 anos. “Ela é insegura. Gostaria de ajudá-la a ter mais confiança em si mesma. Como devo agir?”

A mãe deu um exemplo no email: “até hoje ela não aprendeu a usar as torneiras quente e frio do chuveiro. Minha outra filha, com 4 anos já sabia controlar a temperatura…”

A mãe acredita que se a filha tivesse mais auto-confiança já teria aprendido a controlar a temperatura do chuveiro. Acontece que a menina não tem esta qualidade.

O que fazer?

Vamos entender primeiro uma característica do ego: ele agrega necessidades e busca certezas. Ou seja, para aprender a abrir e controlar duas torneiras a criança precisaria ter uma grande qualidade que é a confiança em si. Confiante, ela sabe que vai conseguir. Então, com esta certeza, consegue agir e aprender.

Vocês perceberam como o ego torna tudo mais complicado? O ego exige confiança em si e certeza de que vai conseguir, para aprender uma tarefa cotidiana. É muito complicado.

É esta complicação que suga a energia e leva a maior parte das pessoas a sofrerem para conseguir viver bem (quando conseguem).

Esta agregação que o ego busca gera desgaste, confusão e complicação. O oposto é a simplicidade e a autenticidade.

A menina não precisa desenvolver a auto-confiança para aprender. Ela pode fazer menos esforço para desenvolver-se, se o menor esforço não for baseado no ego. Ela tem que ser orientada no que é básico para a realidade: ela pode errar, ela pode brincar de descobrir e sentir as diferentes temperaturas da água, ela pode experimentar, ela pode ser ela mesma, DESDE QUE A ATENÇÃO DELA ESTEJA NOS SEUS ATOS E CONSEQÜÊNCIAS.

É muito mais simples, não é?

O treino mais importante para o espírito nesta situação é: aceitar riscos, disponibilidade do aprendizado e opção pela experimentação.

A qualidade evolutiva do espírito mais importante nesta situação é: adquirir o PODER de estar em todas as posições. Ela pode errar, ela pode acertar, ela pode tentar, ela pode se frustrar; ela pode tudo, porque aceita o risco, aceita experimentar para poder aprender. O aprendizado pode, então, ser leve, sutil, dedicado e focado.

O ego precisa ter confiança, quer ter certeza, quer se comparar com outros, precisa alimentar o orgulho. O ego complica, gera confusão e distancia a consciência da lógica espiritual.

O espírito é mais maduro e mais forte. Ele atua mesmo em situações mais difíceis, onde há dúvidas, onde há limitações e dificuldades. Mas, para o foco da consciência se dirigir para a lógica do espírito é preciso treinamento.

Portanto, buscar a confiança nesta menina é um caminho penoso e negativo. O melhor caminho é a experimentação com a consciência focada e alegria no coração. É ensiná-la a se envolver com o aprendizado e perceber cada detalhe dos seus atos na temperatura da água. Assim, além dela aprender o controle das torneiras, ela começa a ser treinada para experimentar, observar, focar e se envolver. 

Então, com certeza, virá o resultado final: uma criança mais segura. Não porque tem a certeza que o ego necessita. Mas porque sabe aprender, experimentar, tentar, observar, tentar de novo, avaliar, estudar, focar o agora, se orientar, etc.

Este artigo faz parte de uma série de artigos que estou publicando cujo tema é EDUCAÇÃO PARA O ESPÍRITO.

Para ficar atualizado e saber dos novos artigos e das novidades do blog me siga no Twitter:

http://twitter.com/mesquitaregis

Regis Mesquita é psicólogo e terapeuta de vidas passadas em Campinas. (19) 3236-7511 

consc2000@yahoo.com.br

About these ads

7 Comentários (+adicionar seu?)

  1. FABIANA
    ago 16, 2011 @ 03:42:35

    MINHA FILHA TEM 4 ANOS E É MUITO COLADA EM MIM DE MODO Q NAO VOU NEM MESMO A UMA CONSUTA MEDICA COMO DEVO FAZER ?

    Resposta

  2. regismesquita
    ago 17, 2011 @ 11:33:12

    Fabiana, parece que quem manda é sua filha. Não tenha receio de fazê-la sofrer, quando for necessário para a educação dela. Caso contrário, você criará uma pessoa egoísta, insegura, insatisfeita, bloqueada emocionalmente, Você quer este futuro para sua filha? Acho que não. Com carinho, explicando a lógica da vida, avise-a que tal dia, tal hora irá se ausentar para ir ao médico. Diga que ela pode ficar sem você por algumas horas, e que caberá a ela escolher se irá ficar feliz ou triste. Quando chegar a hora vá ao médico e fique feliz por finalmente esta dando uma oportunidade para a sua filha ter uma vida melhor. E o sofrimento fará parte da criação desta vida melhor.

    Espero ter ajudado,

    Regis Mesquita

    Resposta

    • FABIANA
      ago 21, 2011 @ 18:47:39

      sou uma pessoa dificil de lidar pois tenho ciumes de td meu martirio no momemto é o ciume da minha irma somos muito unida grudaddas mesmo sendo q ela casou e esta gravida isso é o maximo so q ela nao me conta nada nao participo da vida dela em nada tudo é a familia do marido nao sei como lidar com essa indiferença

      Resposta

  3. Trackback: Para a consciência seguir a lógica do espírito é preciso treinamento « Caminho Nobre
  4. Trackback: Mitos da vida moderna: eu me acomodei, isto não é bom « Caminho Nobre
  5. Trackback: Corrigir erros, método certeiro para fortalecer a mente e ampliar a consciência | Caminho Nobre
  6. Trackback: Sou um espírito e devo fazer boas escolhas para o espírito | Caminho Nobre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 4.668 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: