Como lidar com uma filha insegura?

 

A vida é uma sequência de oportunidades de evolução espiritual

 

 

Uma mãe me escreve: tenho uma filha de 7 anos. “Ela é insegura. Gostaria de ajudá-la a ter mais confiança em si mesma. Como devo agir?”

 

A mãe deu um exemplo no email: “até hoje ela não aprendeu a usar as torneiras quente e frio do chuveiro. Minha outra filha, com 4 anos já sabia controlar a temperatura…”

 

A crença da mãe: se a filha tivesse mais autoconfiança já teria aprendido a controlar a temperatura do chuveiro.  O problema: a menina não tem esta qualidade (autoconfiança), portanto, não aprende.

 

O que fazer?

 

Vamos entender primeiro uma característica do ego: ele agrega necessidades e busca certezas. Ou seja, para aprender a abrir e controlar duas torneiras a criança precisa ter autoconfiança. Sem autoconfiança, ela não aprende a usar as torneiras. A crença da mãe agrega (junta) autoconfiança e aprendizado.

 

Vocês perceberam como o ego torna tudo mais complicado? O ego “exige” confiança em si para aprender uma tarefa cotidiana. É muito complicado.

 

É esta complicação que suga a energia e leva a maior parte das pessoas a terem muita dificuldade de viver bem (quando conseguem).

 

As agregações do ego geram desgaste, confusão e complicação. O oposto é a simplicidade e a autenticidade.

 

Lei da Oferta e exercícios para se desidentificar do ego

 

O Ego precisa de certezas

 

Entenda como o Blog Caminho Nobre pode te ajudar a desenvolver qualidades e habilidades

 

A menina não precisa desenvolver a autoconfiança para aprender. Ela tem que ser orientada no que é básico para a realidade: ela pode errar, ela pode brincar de descobrir e sentir as diferentes temperaturas da água, ela pode experimentar, ela pode ser ela mesma, DESDE QUE A ATENÇÃO DELA ESTEJA NOS SEUS ATOS E CONSEQUÊNCIAS.

 

É muito mais simples, não é?

 

Traduzindo: “menina, brinca com estas torneiras e presta atenção no movimento que você faz e na temperatura da água”.

 

O treino mais importante para a criança nesta situação é: aceitar riscos, disponibilidade do aprendizado e opção pela experimentação.

 

A qualidade evolutiva do espírito mais importante nesta situação é: adquirir o PODER de estar em todas as posições. Ela pode errar, ela pode acertar, ela pode tentar, ela pode se frustrar; ela pode tudo, porque aceita o risco e aceita experimentar para aprender. O aprendizado pode, então, ser leve, sutil, dedicado e focado.

 

O ego precisa ter confiança, quer ter certeza, quer se comparar com outros, precisa alimentar o orgulho. O ego complica, gera confusão e distancia a consciência da lógica espiritual.

 

O espírito é mais maduro e mais forte. Ele atua mesmo em situações mais difíceis, onde há dúvidas, onde há limitações e dificuldades. Mas, para o foco da consciência se dirigir para a lógica do espírito é preciso treinamento.

 

Portanto, buscar a confiança nesta menina é um caminho penoso e negativo. O melhor caminho é a experimentação com a consciência focada. É ensiná-la a se envolver com o aprendizado e perceber cada detalhe dos seus atos na temperatura da água. Assim, além dela aprender o controle das torneiras, ela começa a ser treinada para experimentar, observar, focar e se envolver.

 

Então, com certeza, virá o resultado final: uma criança mais segura. Não porque tem a certeza que o ego necessita (e que a afasta da lógica do espírito). Mas porque aceita aprender, experimentar, tentar, observar, tentar de novo, avaliar, estudar, focar o agora, se orientar, etc.

 

Resumindo:

 

1) Todo ato na vida é uma oportunidade de se fechar na lógica do ego ou se abrir para a lógica do espírito.

2) Jamais se cobre autoconfiança. Ter autoconfiança é bom, mas não é necessário. Muito melhor e mais adequado para sua evolução é ter disponibilidade para aprender, assumir riscos, poder errar, etc.

3) O ego precisa alimentar o orgulho e a vaidade. O espírito deseja aprender para desenvolver mais qualidades, sabedorias e, portanto, ter mais facilidades.

4) O ego precisa de ilusão. O espírito precisa da verdade e da realidade. Porque o aprendizado acontece mais fácil aonde existe verdade e realidade.

 

Ao contrário do que as pessoas pensam, o grande treino espiritual se dá nos pequenos desafios do dia a dia. Eles acontecem milhares de vezes. Milhares de vezes você pode escolher entre o orgulho ou a humildade, por exemplo. Milhares de vezes você pode escolher falar mal de alguém ou se calar e não transmitir a maledicência. Tudo é treino para gerar vibrações nobres dentro de si mesmo e assim se sintonizar com as vibrações mais nobres do universo.

 

Ao se sintonizar, você será capaz de vivenciar. Ao vivenciar virão os ensinamentos mais nobres.

 

Regra: a todo momento existem oportunidades. Aproveite-as, das menores às maiores. A espiritualidade no dia a dia é desenvolvida no dia a dia. A imensa maioria das situações e experiências são compostas de situações rotineiras. Você deve se acostumar a aproveitá-las. Elas são o treinamento cotidiano para enfrentar as situações e experiências excepcionais.” (Trecho do livro “A Espiritualidade no Dia a Dia”)

 

 

Reflita:

“A vida é o campo de provas, e as situações corriqueiras, cotidianas e rotineiras são a maior parte dos desafios. Aproveitar as situações rotineiras para treinar e aperfeiçoar os aprendizados é uma postura inteligente e necessária. O espírito que quer evoluir no planeta Terra tem que aprender a valorizar as múltiplas oportunidades que surgem no cotidiano.”

(Trecho do livro “A Espiritualidade no Dia a Dia” – Leia agora!)

 

 

Reflita 2:

“O desafio maior: colocar sentimentos, pensamentos e sensações nobres no lugar onde havia o que era menos evoluído. Não é fácil. Exemplo: uma pessoa o agride; essa violência provavelmente o desfocará do que é nobre – um sábio não permite que isto aconteça. Ainda não somos sábios, mas queremos chegar lá. Por isso, o treino deve ser cotidiano. O treino deve acontecer nas pequenas situações para criar o hábito. Até porque, as situações rotineiras exigem menos autocontrole das emoções negativas – sendo, por isso, mais fácil de treinar manter a mente focada no que é nobre.”

(Trecho do livro “A Espiritualidade no Dia a Dia”)

 

 

Recomendação à mãe: fale para sua filha da realidade da vida: “se você aprender, o que hoje é difícil se tornará fácil”. Estimule-a a brincar com as torneiras e perceber o resultado de cada ação. Fale que ela pode aprender em paz, superando as dificuldades. O importante é ela persistir até chegar o momento do aprendizado. Valorize a paz para aprender e aceitar a dúvida que acompanha o não saber: este é o centro da sua fala.

 

Aprofunde mais neste tema:

Mente neutra (mente clara) é bem mais importante que a mente positiva

 

 
Autor: Regis Mesquita

https://twitter.com/mesquitaregis

 

 

Este artigo faz parte de uma série de artigos que estou publicando cujo tema é EDUCAÇÃO PARA O ESPÍRITO.

 

 

https://www.facebook.com/ocaminhonobre/

 

 

Leia também:

 

Para a consciência seguir a lógica do espírito é preciso treinamento

 

Mentalização: ótima opção para descansar a mente e sair do negativismo

 

O menino que não sabe ser feliz (desejos criando sofrimentos)

 

Estratégias para dialogar com seu filho com sabedoria.

 

Livros do Autor Regis Mesquita

 

 

Dica:

 

Receba todos os novos textos do blog Caminho Nobre no seu email. Na coluna da direita tem um lugar para digitar seu email (será mandado um email de confirmação, clique no link deste email para efetivar a inscrição).

 

É simples! É rápido! É fácil!
 

 

Vidas extraordinárias surgem com o esforço extraordinário de aproveitar tudo de melhor que há dentro de si mesmo.

 

 
Os textos do blog Caminho Nobre (escritos pelo autor Regis Mesquita) não podem ser adaptados ou alterados em qualquer forma. Você pode copiar, imprimir e distribuir gratuitamente os textos sem alterações, desde que sejam preservadas as fontes (nome do autor e link com o endereço do blog colocados no início e no fim do texto).

 

Não é permitido vender ou obter qualquer outro benefício financeiro usando os textos do Blog Caminho Nobre. O uso maciço dos textos do blog (mais de 1 texto) necessita da autorização escrita do autor.

 

 

Centenas de imagens para você compartilhar gratuitamente.

Anúncios

5 Comentários (+adicionar seu?)

  1. FABIANA
    ago 16, 2011 @ 03:42:35

    MINHA FILHA TEM 4 ANOS E É MUITO COLADA EM MIM DE MODO Q NAO VOU NEM MESMO A UMA CONSUTA MEDICA COMO DEVO FAZER ?

    Resposta

  2. regismesquita
    ago 17, 2011 @ 11:33:12

    Fabiana, parece que quem manda é sua filha. Não tenha receio de fazê-la sofrer, quando for necessário para a educação dela. Caso contrário, você criará uma pessoa egoísta, insegura, insatisfeita, bloqueada emocionalmente, Você quer este futuro para sua filha? Acho que não. Com carinho, explicando a lógica da vida, avise-a que tal dia, tal hora irá se ausentar para ir ao médico. Diga que ela pode ficar sem você por algumas horas, e que caberá a ela escolher se irá ficar feliz ou triste. Quando chegar a hora vá ao médico e fique feliz por finalmente esta dando uma oportunidade para a sua filha ter uma vida melhor. E o sofrimento fará parte da criação desta vida melhor.

    Espero ter ajudado,

    Regis Mesquita

    Resposta

    • FABIANA
      ago 21, 2011 @ 18:47:39

      sou uma pessoa dificil de lidar pois tenho ciumes de td meu martirio no momemto é o ciume da minha irma somos muito unida grudaddas mesmo sendo q ela casou e esta gravida isso é o maximo so q ela nao me conta nada nao participo da vida dela em nada tudo é a familia do marido nao sei como lidar com essa indiferença

      Resposta

  3. Trackback: Corrigir erros, método certeiro para fortalecer a mente e ampliar a consciência | Caminho Nobre
  4. Roselaine
    jun 03, 2016 @ 22:22:40

    Oi. Tenho uma filha de 7 anos e estamos percebendo muita insegurança dela.principalmente na escola. Não toma iniciativa , demora pra iniciar as atividades, não quer ler na sala. Coisas que sabe em casa, fala pros pais , na escola trava. Não consegue falar. O que posso fazer pra ajudar?

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: