Aceitação: tempo para aprender com as situações da vida

 

evoluir

 

 

A menina tinha medo de inseto e borboleta. Um dos últimos lugares em que ela entraria tranquila seria em um borboletário. Mas, foi exatamente isto o que ela fez. Ela não sabia que haveria centenas de borboletas soltas, voando ao seu redor. Por isto, quando ela se deu conta da proximidade, já era tarde.

 

O medo e a insegurança roubaram dela todas as memórias agradáveis do passeio e transformaram seus momentos em pura tensão. Normalmente, ela sairia correndo com o “coração a mil”. Naquele dia foi diferente.

 

Mais

Anúncios

Quem eu amo é diferente de mim

 

Amar é deixar aquele que amamos serem eles mesmos.

 

 

Quem eu amo é um ser humano.

Quem eu amo é diferente de mim.

Quem eu amo não é meu reflexo.

Quem eu amo está em evolução.

Quem eu amo nem sempre me completa.

Quem eu amo precisa de mim. Mais

Todo bem que tu plantares será retribuído em vosso interior

 

Você não controla tudo o que acontece com você, mas pode controlar sua reação ao que acontece.

 

 

Todo bem que tu plantares será retribuído em teu interior.

 

Não foque os resultados que são externos a ti.

 

Ninguém controla tudo o que acontece à sua volta.

 

Fuja da ilusão e encare a verdade.
Mais

Gerando boas vibrações para dinamizar a vida

 

Você possui grandes recursos no seu interior. Confie em você.

 

 

Por Regis Mesquita

 

Um dos preceitos mais importantes da Educação do Espírito é que todas as pessoas devem facilitar a comunicação entre o inconsciente e a consciência. Traduzindo: a consciência pode se “fechar” e não “escutar” nada além dela mesma ou pode se abrir e prestar atenção ao que chega até ela. A consciência deve ser expandida. Assim, ela torna-se mais aberta para perceber informações, vibrações e outros estímulos que tem sua origem no plano espiritual, no inconsciente da pessoa ou em vibrações sutis presente no ambiente. Mais

Não esquecerei que sou um criador subordinado a Deus

 

Serei o que Deus quer de mim: criarei paz em meio à tempestade, criarei bondade em meio à bonança. Mentalização

 

 

O céu permite a tempestade, assim como a bonança.

 

Eu aceito o que Deus organizou.

 

Aceito a tempestade e aceito a bonança em minha vida.

 

Estou encarnado para viver intensamente,

 

perco a ilusão do controle

 

e me entrego ao Fluir.

 
Mais

Cientistas provam que eles mesmos são pouco evoluídos. Mente Neutra serve para melhorar a memória.

 

Mente Neutra é a mente superior. Se prepare para expandir sua consciência.

 

 

Por Regis Mesquita

 

ATENÇÃO: use este texto para aprofundar seu conhecimento sobre a Mente Neutra.

 

Por necessidade profissional leio dezenas de pesquisas científicas. É muito comum cientistas chegarem a conclusões baseadas em suas mentes reativas e pouco evoluídas. Este texto mostra uma destas conclusões e explica porque ela é completamente falha.

 

A pesquisa em questão serviu de exemplo para a revista Superinteressante (300) explicar a memória do ser humano. Muita gente leu e acreditou, infelizmente.

 

A pesquisa está descrita na figura abaixo. Na segunda figura está a conclusão prática a que eles chegaram (leia as imagens).

 

 

Mais

Serei um aproveitador de tudo que há em mim

 

Qualidade de vida é evoluir do difícil para o fácil, e do complexo para o simples. Mentalização 17 do blog Caminho Nobre

 

 

“A realidade sempre esteve presente.

 

Mesmo que dela não desfrute

 

ela está presente e à disposição.

 

Decido não mais desperdiçá-la

 
Mais

Autossabotagem: Fernando Pessoa descreve como a autossabotagem dirige a vida da imensa maioria das pessoas

 

 

 

Por Regis Mesquita

 

Os poetas são fantásticos, conseguem tornar claro o que é confuso. Ao ler o poema “Em Linha Reta” de Fernando Pessoa as pessoas tem a oportunidade de pensar: eu estou fazendo isto comigo? Qual o preço que pago por esta escolha?

 

Poucos identificarão como autossabotagem o que é descrito no poema. Mas, o preço que pagam por esta atitude é sabotar a própria qualidade de vida.

 

É difícil encontrar alguém que diz explicitamente: eu me autossaboto. Uma das características da autossabotagem é fazer a pessoa acreditar (mesmo que momentaneamente) que está levando vantagem ao agir contra si mesma.

 

Leia o poema “Em Linha Reta”, depois explico melhor:

 

“Nunca conheci quem tivesse levado porrada.
Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.

 

E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco, tantas vezes vil,
Eu tantas vezes irrespondivelmente parasita,
Indesculpavelmente sujo,
Eu, que tantas vezes não tenho tido paciência para tomar banho,
Eu, que tantas vezes tenho sido ridículo, absurdo,
Que tenho enrolado os pés publicamente nos tapetes das etiquetas,
Que tenho sido grotesco, mesquinho, submisso e arrogante,
Que tenho sofrido enxovalhos e calado,
Que quando não tenho calado, tenho sido mais ridículo ainda;
Eu, que tenho sido cômico às criadas de hotel,
Eu, que tenho sentido o piscar de olhos dos moços de fretes,
Eu, que tenho feito vergonhas financeiras, pedido emprestado sem pagar,
Eu, que, quando a hora do soco surgiu, me tenho agachado
Para fora da possibilidade do soco;
Eu, que tenho sofrido a angústia das pequenas coisas ridículas,
Eu verifico que não tenho par nisto tudo neste mundo.

 

Toda a gente que eu conheço e que fala comigo
Nunca teve um ato ridículo, nunca sofreu enxovalho,
Nunca foi senão príncipe – todos eles príncipes – na vida…

Mais

Entradas Mais Antigas Anteriores Próxima Entradas mais recentes

%d blogueiros gostam disto: